TEM ALGUMA DÚVIDA? CLIQUE AQUI
ptzh-CNenfrjasles
Seg: 12:00 - 17:30
Ter - Sex: 9:00 - 17:30
HORÁRIO
R. Hilda Del Nero Bisquolo, nº102, sala 1603-02, Jundiaí, SP, CEP 13208-703
ENDEREÇO
CERTIFICAÇÃO - 2017/2019/2020

CONSELHO FISCAL

d3a798cdad6d836176aa971308a08a71-20180202030914.png

O QUE É O CONSELHO FISCAL

É um órgão fiscalizador das ações da administração da CBDEL e da forma como esta utiliza os recursos financeiros captados. Formado por um número ímpar de membros. É um órgão que não faz parte da diretoria e tem a responsabilidade de fiscalizá-la, e é totalmente independente e autônomo.

O que é
Deve fiscalizar os atos dos administradores e verificar o cumprimento dos seus deveres legais e estatutários

PROFISSIONAIS DO CONSELHO FISCAL

Liderando e coordenando os trabalhos do Conselho Fiscal da CBDEL.

Sr. Alexandre Roberto Hinaya da CostaPresidente CONSELHO FISCALfiscal@cbdel.com.br
Sr. Paulo Henrique pessoa CordeiroSecretário CONSELHO FISCALfiscal@cbdel.com.br
Sr. Jean Carlos CostaMembro CONSELHO FISCALfiscal@cbdel.com.br

ÁREAS, ATUAÇÕES E AVALIAÇÕES

O Conselho Fiscal é um órgão obrigatório nos estatutos sociais das entidades sem fins lucrativos. A responsabilidade civil e penal atribuída aos membros deste conselho é um dos pontos a serem ressaltados pois, de fato, este órgão é vital para o bom funcionamento e a segurança das ONGs e da sociedade.
Segundo a Lei 10.406/2002 (novo Código Civil), o Conselho Fiscal deve receber os demonstrativos contábeis da instituição até trinta dias antes da Assembleia Geral Ordinária que terá como pauta a aprovação das contas anuais da instituição. Após receber tais documentos, o Conselho Fiscal deve se reunir com o contador da instituição e tirar as dúvidas com relação aos demonstrativos contábeis. O Conselho precisará comparar os relatórios descritivos de atividades e relatórios financeiros da tesouraria com os relatórios contábeis, pois tudo o que ocorre dentro da instituição precisa estar contabilmente registrado: entradas e saídas de recursos, trabalhos voluntários recebidos, serviços gratuitos prestados às comunidades, doações recebidas e realizadas, etc.
Após análise e esclarecimentos do contador, o Conselho deve se reunir e decidir se aprova ou não os demonstrativos contábeis e relatórios da administração, emitindo o seu parecer. Este parecer deve ser lido em voz alta na Assembleia Geral Ordinária e o Conselho deve esclarecer as dúvidas dos associados presentes. Após lido o parecer e esclarecidas as dúvidas, as contas são colocadas em votação podendo ser aprovadas ou reprovadas. Esta decisão levará a responsabilidade civil e penal por qualquer ato ilícito às pessoas dos administradores, membros do Conselho Fiscal e associados que aprovaram as contas. O Conselho, desta forma, protege os associados ou os incrimina por solidariedade.
AFILIAÇÃO, RECONHECIMENTO E/OU PARCERIA INTERNACIONAL A ENTIDADES DE GOVERNANÇA DO ESPORTE ELETRÔNICO
WESCO - AFILIADO
PAMESCO - AFILIADO
SAESCO - AFILIADO
CACESCO - PARCEIRO
AESF - PARCEIRO
ISO - AFILIAÇÃO
cbdel_brasao_2018_nome_pequeno.png
© Copyright 2019 CBDEL. Todos os direitos reservados.

EMBAIXADORES DO ESPORTS